Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

O cristal se quebrou, de Evandro Calafange de Andrade

Imagem
O cristal se quebrou Evandro Calafange de Andrade
Abri a caixa de fotografias Acordei no meio do lago Fiquei admirando o teu sorriso Teu corpo nu sobre a relva fria.
Naveguei no mar do teu olhar Mergulhei no mel da tua boca Quando estive em Terra Caminhei mil léguas até você Mas o cristal caiu e se quebrou Amor, o cristal se quebrou!
Desci a colina sem olhar para trás À noite me vi perdido na estrada Pedi a Deus para ouvir a tua voz Precisava voltar à sanidade.
Naveguei no mar do teu olhar Mergulhei no mel da tua boca Quando estive em Terra Caminhei mil léguas até você Mas o cristal caiu e se quebrou Amor, o cristal se quebrou!
Te vejo indo Nunca me levando Me deixa te esperando Te querendo, revivendo Com o corpo queimando Em um mundo sem flores Estou preso à janela Sentindo seu perfume...

A flor e o beija-flor, de Evandro Calafange de Andrade

Imagem
A flor e o beija-flor Evandro Calafange de Andrade
Cê tá querendo que eu vá, Mas vou continuar Fazendo morada em seu coração. Cê diz que não sou mais A razão do seu amanhecer, Mas vou continuar sendo a luz do sol Que invade seu quarto todas as manhãs.
Cê fala que não faço mais parte do seu ser, Mas digo pra você Que sempre serei a tatuagem na sua pele, O frio que te arrepia, O suor que corre nas curvas do seu corpo, O prazer que te faz gemer Quando és tocada com carinho, Serei o seu ontem, o hoje, o amanhã Seu bem e o mal necessário, Simplesmente, seu verdadeiro amor.
Sou eu, amor! Pra todo o sempre, eu, amor! Serei o seu único amor. Sou eu, amor! Quem te acorda com vigor Pra que possamos ser A flor e o beija-flor.