Ouça este eco de amor, de Evandro Calafange de Andrade



Ouça este eco de amor
Evandro Calafange de Andrade

Ouço ecoar baixinho o som que sai da tua boca
Perco a noção de tempo e espaço
Saio em busca de mim dentro de ti
Vejo em teu rosto a ternura
Que me envolve em teus abraços.

Não queira fugir de mim
Encha meu lar com teu sorriso
A cada amanhecer
Saiba que preciso te ouvir dizer
Qualquer bobagem faz sentido
E um “eu te amo” sempre me faz feliz
Amor, esteja sempre aqui
Deixe ecoar nosso amor
Ouça este eco de amor
Meu verdadeiro amor.,

Pensei que nosso destino
Fosse feito de terra e mar
Sólido e conectado eternamente
Mas a vida me deu a lição quando te perdi
Saiba que sem você não sei viver, meu amor.

Não queira fugir de mim, não
Sorria em cada amanhecer
Saiba que preciso te ouvir dizer
Qualquer bobagem faz sentido
E um “eu te amo” sempre me deixa feliz
Amor, esteja sempre aqui
Deixe ecoar nosso amor
Um eco de amor, amor.

Deixe o tempo passar
Ir até o fim se puder ir
Deixe o tempo voar
Mas não me deixe sem você aqui.

Não queira fugir de mim, não
Encha de luz meu lar, amor
A cada amanhecer
Saiba que preciso te ouvir dizer
Qualquer bobagem e um “eu te amo”
Me faz feliz
Ouça este eco de amor.
Ouça-me, amor:

És meu sonho de amor
És meu sonho de amor
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

A nova safra de cantores sertanejos