Julgamento!?


NOSSO CENÁRIO POLÍTICO

Esse julgamento do impedimento da presidenta afastada Dilma foi uma constatação de que tudo não passa de puro interesse político dos próprios políticos. A primeira coisa que nos causa repugnância é presenciar diversos políticos julgando a falta de ética, moral, honestidade, entre tantas qualidades ceifadas da vida deles, como se fossem arcanjos, sendo que muitos têm um passado lameloso que os condena.

Depois é registrar através da nossa ótica os adversários políticos fazendo rodinha para papear e gargalhar – destaque para Dilma e Aécio -, de que não sei, mas talvez seja de quem, da população brasileira que fica, em sua maioria, digladiando-se em redes sociais e nas vias públicas em prol da “honestidade” de um ou de outro político.

Só sei que a minha vontade, minhas opiniões talvez vão de encontro a de muitos cidadãos, mas sou a favor de eleições gerais já. Quem sabe assim possamos eleger um político com apenas 1% de honestidade e de compromisso com o bem-estar dos brasileiros, já que os que estão no poder são 100% a favor do próprio bolso. Claro que não é o ideal, mas de acordo com a nossa realidade, já seria um grande triunfo.

E não é devaneio meu, quem não se lembra da votação do impeachment na Câmara dos Deputados? “Por minha mãe, minha mulher, meus filhos, minha família, pelos ditadores, pelos corruptos, pelo meu bolso, pela permanência da minha fortuna, por minha própria sociedade – minha casa, é claro – voto SIM!”

Uma coisa é certa, sendo, portanto, mais plausível, um julgamento justo feito pelos próprios eleitores, já que foram mais de sua maioria quem deu a presidenta Dilma a oportunidade de governar o país por mais um mandato. Pois quem a pôs no maior cargo político deste país, é quem deveria julgá-la e tirá-la da presidência mediante plebiscito. 

Para não ficar em cima do muro, caro(s) leitor(es): #PrimeiramenteESempreForaTemer #EleiçõesGeraisJá 



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

A nova safra de cantores sertanejos