Dar exemplos ou opiniões para mudar o mundo?


Dar exemplos ou opiniões para mudar o mundo?

Tomando como base o texto de Paulo Coelho “O mundo muda com o seu exemplo... não com a sua opinião...”, pode-se afirmar que os exemplos de um ser humano são capazes de mudar o mundo, o que se difere da opinião verbalizada. Esta não tem a capacidade de transformação coletiva devido ser pessoal e intransferível.
            Contudo, o ponto “opinião” é o que podemos chamar de elemento fundamental para persuadir o outro, principalmente, quando a pessoa é influenciável. Por não ter autoestima, deixa-se ser conduzido por amigos, por estranhos que fazem com que a opinião dele seja aceita e tomada como a verdade; sendo assim, única a ser seguida em prol de um ideal. É desta forma que muitos líderes religiosos “arrebanham as ovelhas desgarradas para os templos de Deus”. Utilizam de artifícios de persuasão para conduzir os fiéis à salvação religiosa. Muitos até prometem dias felizes, riqueza e ascensão profissional do dia para noite.
            Mas o que é preciso fazer? Apenas estar na igreja orando ao Senhor? Não. Para muitos líderes, é preciso se desfazer de bens materiais e fazer vultosas doações as igrejas; outros prometem tirar espíritos malignos do corpo dos membros da congregação para ter os caminhos abertos, e por aí vai. O fato é que quanto mais alienado religioso for, melhor será. O que eles chamam de fiéis dedicadíssimos ao evangelho; logo, pode-se chamar de fanático religioso. Mas na verdade são pessoas persuadidas pela opinião de líderes que utilizam da palavra de Deus para obter algum propósito. Muitos em benefícios próprios e raramente em benefícios concretos para os fiéis.
            Voltando aos pontos iniciais. O “exemplo” é um elemento viável a ser concreto e duradouro, se partimos para a atuação do professor em sala de aula, como referência. Pode-se chegar à conclusão de que os exemplos e conduta do docente pode conduzir o universo dos discentes em todo o seu processo de ensino e aprendizagem para o êxito educacional destes. Além dos exemplos dos pais, membros familiares ou a própria personalidade do estudante podem conduzi-los a se tornarem cidadãos de bem, pessoas voltadas a fazer o que é bom para si e para todos. Portanto, bons exemplos mudam “sim” a realidade de uma nação.

            Por conseguinte, percebe-se que a realidade pode ser diferente, quando falamos em transformação social ou de caráter, é só abrir uma revista, um jornal; ligar a tevê nos telejornais diários para se deparar com péssimos exemplos e opiniões infames, tudo em nome do poder. Todavia, ainda encontra-se cidadão que trilha a sua vida com maestria e cultiva solidariedade, assim como, bons exemplos a serem seguidos e passados adiante. Ou seja, não podemos desistir do mundo, apesar de perceber que ele está sendo consumido pelos “vilões mundiais”, ainda há esperança, ainda há pessoas dedicadas a mudar esta triste realidade vil, com exemplos e quem sabe opiniões que possam agregar a um feito maior: mudar o mundo.

Evandro Calafange de Andrade




















Fonte: Google Imagens
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

O PROTAGONISMO E A PARTICIPAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO ESCOLAR