Em a Regra do Jogo: Personagem gay vira hétero



O autor João Emanuel Carneiro transforma personagem gay em hétero, tudo em prol da audiência.

Ultimamente, as novelas da TV Globo vêm fazendo várias manobras para alavancar a audiência. Só que os autores não pensam que ao limar tramas previamente anunciadas, podem retrair público que até então estava ansioso ou curioso para assistir tais tramas? 

Com certeza, muitos se frustaram com a mudança brusca do personagem de Marcos Pasquim em Babilônia, assim como, da devoradora de homem interpretada por Glória Pires. Como ficarão frustados em não ver na novela A Regra do Jogo um vilão gay bem diferente de Félix de Amor à vida. Este além de vilão era muito caricato e tinha um pé na comédia. Uma figura bem diferente do Orlando, vivido por Eduardo Moscovis, na atual trama das 21h.

Afinal, uma boa parte do público queria ver, em Babilônia, exatamente essa desconstrução do galã e da certinha ou controversa vilão vivida por uma grande atriz, já que a trama dos dois personagens haviam dado início. Como também, em conferir um vilão fora dos padrões, no caso de A Regra do Jogo, com uma vida matrimonial dupla.

Portanto, pergunto: Até onde pode ir as mudanças de uma obra aberta em prol da audiência?

No meu ponto de vista, não são essas duas tramas que fazem de A Regra do Jogo uma novela de baixa audiência. E também não será fazendo cortes em histórias que nem vieram a tona que terão uma audiência padrão Globo, mas rever pontos na trama central, se for o caso, pode ser uma boa saída. Ainda afirmo que um dos grandes problemas da novela é o casal romântico. O romance dos personagens Juliano e Toia não convence ninguém. É muito fraco para ganhar o apoio popular.  

E falando em mudança, percebe-se uma leve transformação na vilão Atena, principalmente em seu trejeito. Esta deixou de ser estérica. O que fez um bem danado à personagem. E a relação dela com Romero está mais agradável de se ver.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

O PROTAGONISMO E A PARTICIPAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO ESCOLAR