Não caia no conto da nova política


O conto da nova política, a política da mudança!?

Houve uma eleição, na qual o povo natalense estava ávido por mudança, que um político veio e prometeu a tal mudança. O povo caiu no conto da promessa-sereia da nova política. Elegeram a prefeita Micarla de Souza (PV). Simplesmente, os natalenses sofreram por 4 anos de estagnação. Foi tanto sofrer que votaram no retorno do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), aquele da velha política, mas que está sendo a solução para a continuação do progresso da cidade do Natal, interrompido por outro político.

Os potiguares desejavam mudanças. E por mais uma vez, eu vi a população cair no conto do vigário, aquele da “nova política”. Fez-se eleita a governadora Rosalba (DEM). Aqui estamos em um novo retrocesso, mais 4 anos. No entanto, estamos em período eleitoral, cheios de esperanças de um novo momento, de um tempo de progresso, de verdadeiras ações políticas voltadas em prol da mudança de vida dos potiguares. E o dilema é: Robinson (PSD) ou Henrique Alves (PMDB)? Qual irá nos representar de verdade? Isso só o tempo nos dirá. A dúvida é por causa do desconhecimento da gestão pública de ambos, haja vista que nenhum dos dois ainda não tenha experiência administrativa de uma cidade ou de um Estado.

Agora, vejo, ouço a população brasileira acreditando nesse velho conto para boi dormir, “a nova política, a renovação, a mudança que o Brasil quer e chamou”. Não acredito que viverei tudo de novo, por mais 4 anos, em caráter nacional. Isso se não for em 5 anos. Já que o Aécio Neves (PSDB) chegou a afirmar que um mandato de 4 anos não é suficiente para se fazer muito pelo Brasil. Portanto pretende alongar o mandato dele em um ano a mais do habitual.

É inacreditável que alguns natalenses ainda pensem e queiram cair no conto da carochinha novamente.

Caros, tenho consciência de que a candidata à reeleição, Dilma (PT), talvez não seja a melhor presidente do nosso país, no entanto, é a escolha mais plausível neste momento. A continuação é mais certa do que uma mudança drástica e no escuro. O voto consciente, no próximo domingo (26), é a continuação dos passos certos já dados, é a garantia da continuação do progresso do Brasil. Por conseguinte, pense bem antes de confirmar o seu voto e escolha o que é certo e garanta a continuidade do futuro do nosso país. #Dilma13


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

A nova safra de cantores sertanejos