O QUE ACONTECE COM OS SERES RACIONAIS? - Por Evandro Calafange de Andrade


FONTE: Google


O QUE ACONTECE COM OS SERES RACIONAIS?

                                                                     Por Evandro Calafange de Andrade

Assistindo os telejornais ou lendo as matérias jornalísticas impressas e online, assim como vendo as fotografias dos conflitos, dos embates entre civis e policiais em diversas capitais brasileiras. Fico me perguntando o que há com esses seres racionais? Será que tudo deve ser resolvido assim com essa barbárie?
São perguntas que não posso responder. São indagações em vão. Pois cada cabeça é uma sentença. Cada atitude é uma consequência.
Não sei se eles deveriam agir dessa ou de outra forma. Mas sei que o diálogo é o melhor caminho. E assim, evitaríamos tantos erros e desordem. Tanto sofrimento.
Mas uma coisa eu sei: faltam limites. Limites para agir, limites para reagir, limites para efetuar erros e desordem. Falta também conscientização da população e dos políticos.
E outra indagação vem a minha mente: por que só agora a população está se manifestando contra a Copa no nosso país? Quando nosso Brasil foi escolhido, todos ficaram orgulhosos com a escolha, com o evento, com a possibilidade de mostrar ao mundo que somos capazes de fazer um grande e excelente evento mundial.
Mas, agora o que vemos? Uma vergonha pública mundial. Pessoas que fazem tumulto em frente aos estádios de futebol. Será que é assim que resolvemos as nossas indiferenças? Nossas angústias? Nossos arrependimentos? Ou é uma forma de gerar notícias nacionais e internacionais? Afinal, só jogo da Copa das Confederações seria muito chato para assistir e ler. Um pouco de animação nunca é demais. Não acham?
Algum leitor pode me questionar e verbalizar que nunca é tarde demais para reivindicarmos os nossos direitos. No entanto, não posso concordar com tais métodos tão hostis e bárbaros. Não concordo porque tenho uma forma diferente de pensar. E pensar diferente não quer dizer que eu concordo com tudo que os nossos governantes estão fazendo pela nossa nação. Ou melhor, dizendo: não estão fazendo ou fazendo meia boca. Mas machucar, atrasar a locomoção da população, infringir os direitos de ir e vim de outrem, destruir bens alheios são coisas que não estão no meu gênesis, na minha índole. Não fazem parte do meu ser racional!
O que eu sei de fato é que hoje brigas contra as ações governamentais e amanhã (2014), tu estarás do lado dos mesmos que hoje prejudicam a nação brasileira. Do lado dos corruptos e dos desonestos. Os políticos, que hoje apoiam as manifestações desordenadas, serão os mesmos que farão as mesmas coisas ou coisas piores da atualidade, caso estejam no poder. Esses organizadores de motins em vias públicas, com toda certeza, futuramente estarão mamado nas tetas milionárias públicas. Será que lembraram que um dia “lutavam” por melhorias do sistema público de saúde, transporte, etc. Provavelmente, não! 



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

A nova safra de cantores sertanejos