Governo do RN nomeia mais de mil educadores aprovados no Concurso Público

Governo nomeia mais de mil educadores aprovados no Concurso Público
Marlio Forte

Secretária Betania Ramalho no Churchill: foco na valorização do professor
   
O Diário Oficial do Estado (DOE) publicará neste sábado (17) a convocação e a nomeação de 1.013 professores aprovados no Concurso Público de Provas e Títulos da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura (SEEC). Serão convocados mil professores e treze especialistas em educação para apoio pedagógico.

Nesta sexta-feira (16), o DOE republica e homologa o resultado final do concurso por classificação, polo, cargo, inscrição, local e situação (classificados dentro do número de vagas previstas no edital e aprovados fora do número de vagas).

O resultado final foi publicado no DOE, edição de terça feira 28 de fevereiro. De acordo com o edital do concurso, os candidatos devem estar aptos para posse em até 30 (trinta) dias, contados da nomeação, incluído nesse período, o prazo para obtenção do atestado de saúde ocupacional.

Será tornada sem efeito a nomeação se, no prazo estabelecido, o candidato não tomar posse. A COAPRH, setor de recursos humanos da SEEC, está finalizando o processo para o ato de nomeação em conjunto com a Secretaria de Estado da Administração e dos Recursos Humanos.

Para a entrega da documentação, os candidatos convocados devem se dirigir as Diretorias Regionais de Educação (DIREDs), em suas regiões e a Secretaria de Educação, no Centro Administrativo do Estado . São requisitos para a contratação: A apresentação dos documentos relacionados a seguir (Original e Cópia autenticada):

a) Prova de conclusão de curso de habilitação para o cargo, mediante a apresentação do respectivo Diploma, ou de documento oficial da instituição de ensino superior que ateste a conclusão do curso pelo candidato, acompanhado de protocolo de requerimento de expedição do Diploma e Histórico Escolar.

b) Título de eleitor e certidão de quitação eleitoral.

c) Certificado de reservista, para os candidatos do sexo masculino.

d) Certidão negativa de antecedentes criminais expedidas pelas Justiças estadual e federal, assim como pela Polícia Civil da localidade em que o candidato possuir residência nos últimos 5 (cinco) anos.

e) Atestado de saúde ocupacional (ASO), habilitando o candidato para o exercício do cargo, expedido por junta médica oficial.

f) Inscrição no Cadastro de Pessoas Físicas do Ministério da Fazenda (CPF).

g) Documento de identidade expedido por órgão oficial.

h) Outros documentos que forem exigidos na portaria de nomeação.

O resultado final por pólo, cargo, componente curricular com nome, inscrição, pontuação e classificação final estão no site da CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br) e no Diário Oficial do Estado (http://www.dei.rn.gov.br/dorn/), poder executivo, Secretaria de Administração e dos Recursos Humanos, portaria nº 044/2012.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

O PROTAGONISMO E A PARTICIPAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO ESCOLAR