Os buracos nas vias do Natal se alastram como uma praga


Somente rindo para fugir da realidade da Cidade do Natal

Por Evandro Calafange


Uma bela forma de enfrentar a realidade da Cidade do Natal é mesmo rindo com uma charge extremamente séria e realista. Nossa cidade parece mais um verdadeiro queijo após degustação por ratos. São buracos que não acabam mais.

A realidade é fria, cruel e buraquenta. Quem mora no conjunto Cidade Satélite, zona sul do Natal, assim como nos demais bairro da Capital; não foge dessa realidade madrasta. Andar nessas vias é um verdadeiro Rally dos Sertões. O cuidado é redobrado e triplicado. Ou você anda em ziguezague ou você leva o seu carro ao mecânico mais próximo do “buraco da Micarla”, como eles são publicamente denominados pela população.

Motoristas que se cuidem, que rezem para não sofrer um AVC – Acidente Veicular Craterial, segundo o chargista Amâncio do Jornal Tribuna do Norte. Porque além de pagar pelos consertos do veículo, vai sentir a dor no bolso a financiar sua saúde.  
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

O PROTAGONISMO E A PARTICIPAÇÃO INFANTIL NO CONTEXTO ESCOLAR