As mortes de Insensato coração segundo Ricardo Linhares

 publicado em 23/06/2011 às 11h01:

Autor justifica tantas mortes 

em Insensato Coração

Segundo Ricardo Linhares, desaparecimento 
de personagens tem função dramática
Do R7Globo/DivulgaçãoAndré (Lázaro Ramos) se despede do pai, Gregório (Milton Gonçalves), no leito do hospital
A morte de mais um personagem em Insensato Coração(Globo), nesta semana, vem jogar luz outra vez sobre o alto índice de mortes na novela.
Agora, o obituário foi do beberrão Gregório (Milton Golçalves), o pai amargurado do designer André (Lázaro Ramos).
Depois de passar alguns dias internado, o pai morre ao lado do filho. Nesse caso, a doença seguida de falecimento serviu para aproximar os dois.
O que justifica a "função dramática" de tantas mortes no folhetim, segundo declarou o autor Ricardo Linhares à coluna de Flávio Ricco, do Diário de S. Paulo. Linhares disse que nenhuma morte é gratuita.
Rebatendo críticas, ele declarou que até mesmo a maioria das participações especiais não teria morrido, simplesmente saído da novela.
- Se houvesse muitos casamentos, reclamariam que a novela era água com açúcar.
Fonte: http://entretenimento.r7.com/
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

RESENHA CRÍTICA DO DOCUMENTÁRIO - MILTON SANTOS: POR UMA OUTRA GLOBALIZAÇÃO

Ator Global de "Além do Horizonte" se assumiu mesmo?

A nova safra de cantores sertanejos